Provei há alguns dias esse Pinot Noir da Torres, Mas Borràs, safra 2011, da região de Penedes, Espanha e gostei muito.

Um pouco mais estruturado que os Pinots franceses mas sem aquela batalha de fruta X madeira que vemos em alguns PN de Novo Mundo. Um meio termo agradabilíssimo.

No dia fiz algumas anotações mas algo eu não conseguia identificar.

Ontem, provando um prato com trufas me veio a memória desse rótulo  (era isso que faltava) e por isso resolvi que era hora de postá-lo.

Com aromas de frutas vermelhas e taninos bem macios, tem um final trufado que lhe imprime uma sensação de potência interessante.

Harmonizou muito bem com um filé ao molho de sementes de mostarda (sem creme de leite).

Esse vinho é importado pela Devinum e para encontrar os pontos de venda basta acessar o site da importadora.