Não é segredo que o Brasil produz excepcionais espumantes e quando se fala em exemplares vindos do Nordeste, sem dúvidas esse é meu favorito.

O Rio Sol Rosé é elaborado pelo método tradicional com a uva shiraz cultivada na própria região. Tem uma cor belíssima, um salmão intenso que chama atenção. Perlage fina e muito longa. Aromas de frutas vermelhas maduras e boa persistência em boca.

O grande diferencial dessa região – ainda pouco explorada pelos brasileiros consumidores de vinho – são as duas safras anuais, em contrapartida as regiões com uma única ao ano.

O Vale do São Francisco consegue essa proeza devido aos 300 dias de sol por ano, temperatura média alta durante todo o ano (o que permite o contínuo desenvolvimento da planta), pluviosidade muito baixa e água para irrigação abundante graças ao “Velho Chico”. Essa combinação faz o que o ciclo de desenvolvimento ocorra durante todo o ano, culminando em duas colheitas.

A produção na região é comandada pelos portugueses da ViniBrasil (produtora da Rio Sol) e pela Miolo Wine Group.

Se você ainda não provou fica a dica. A garrafa custa menos de R$30,00.