Como impressionar o crush com seus conhecimentos sobre vinhos

Posted on Posted in Degustação, Publicações, Vinhos por Keli Bergamo

Esse post fez parte do especial Dia dos Namorados do AE mas como nem todo mundo estará namorando nesta data, como a coisa tá complicada, e como esse post sai a tempo de você conseguir desencalhar até o dia 12…. Selecionei junto com minha amiga e também especialista em vinhos Mayra Tincani algumas dicas “sedutivas” para impressionar o crush/peguete/magya/namorado no próximo encontro ou jantar ou na própria noite do dia 12.

  • Escolha um bom vinho. Não precisa gastar horrores. Nas colunas anteriores tem um montão de dicas sobre como comprar bons vinhos a preços mais baixos. Uma sidra dessas conhecidas ou um vinho suave podem minar suas chances pra sempre… Seja pelo momento, seja pelos efeitos no day after….
  • Cuide da temperatura ideal. Para não errar, leia as dicas aqui.
  • Abra a garrafa com distinção: Se a escolha for um espumante, incline a garrafa, não retire a gaiolinha, apenas destrave-a no anelzinho lateral, gire lentamente a garrafa (não a rolha) e evite o barulho de estouro (a noite é de comemoração, mas o estouro não é nada elegante). Se for um vinho vedado com rolha, se programe para ter um bom abridor e tenha um guardanapo por perto para evitar eventual bagunça e limpar o gargalo após a retirada da rolha.
  • Se o vinho for de tampa de rosca, antes de abrir diga: “Mozão”, preferi esse vinho mais moderno, jovem e vibrante para nossa noite. Achei que ele combina com a gente”. Com essa introdução o crush nem vai pensar em preconceito com o screwcap. Mas se quiser maiores informações sobre os vedantes do vinho, tem post aqui também.
  • Tenha taças limpas e, se possível, transparentes a mão. Elas facilitam a apreciação visual do vinho.
  • Antes de servir, prove o vinho para ver se está adequado e, ao servir, comente, que desde a Grécia antiga a tradição é o anfitrião provar o vinho primeiro para ter certeza que a bebida não estava envenenada. E daí veio a expressão “Saúde” quando se brinda. Arremate o “saúde” com um brinde mais especial….
  • Se o papo sobre o vinho fluir, olhe languidamente para a taça e diga: E pensar que são necessárias 600 uvas para fazer uma só garrafa de vinho…
  • Gire a taça e complete: como é bom sentir a liberação dos aromas do vinho (mostrando que sabe o porquê desse ritual) mas atenção: lembre-se de não encher demais a taça (1/3 é mais que suficiente) ou o plano pode ir por água abaixo.
  • Ao degustar tenha em mente algum comentário sobre o vinho, alguma impressão ou informação sobre região ou produtor que mostre sua sensibilidade e cuidado ao escolher aquele rótulo.

Vinhos são sempre românticos e especiais. Além de todo bem que nos fazem, ainda podem ser ótimas ferramentas de sedução intelectual e um estímulo a um bom e longo papo. E isso é amor.

Feliz dia dos namorados a todos!

Até a próxima taça, Keli Bergamo.🍷

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *