Atendendo a pedidos, hoje trago dicas de alguns livros que adoro e que são de fácil compreensão para quem está começando a viajar pelo mundo dos vinhos.

Faço questão de comprar também esses livros mais ao estilo “guias” porque sempre tem algum macete de harmonização, alguma coisinha que a gente não conhece…E aprender nunca é demais, né gente?!

Vamos lá:

  • Como Degustar Vinhos – Jancis Robinson: Sou fã incondicional dela. A crítica mais respeitada e a mulher mais inspiradora do mundo dos vinhos. Nesse livro ela ensina coisas simples, desde etiqueta em degustação, como segurar taças, cuspir o vinho, até mesmo as interações com alimentos, o porquê de respeitar as três fases da degustação: olhar, sentir e beber. A leitura é fácil e prazerosa. Um outro livro da tia Jancis que eu adorei foi o “Expert em Vinhos em 24 Horas”. Falei sobre ele  há poucos dias, confira aqui.

 

  • Wine Folly: Eu já era fã do site, super ilustrado, com mapas didáticos e comprei o livro logo que foi lançado nos Estados Unidos. Agora tem a versão em língua portuguesa. Pra mim é o mais lindo de todos, é colorido, alegre e muito fácil de consultar. Traz as principais uvas e os principais tipos de vinhos por classificação e em cada um deles dá dicas de harmonização.

 

  • Harmonização. O Livro Definitivo do Casamento do Vinho com a Comida – Euclides Penedo: Um bom livro de harmonização sempre vale a pena. Não adianta comprar um belo vinho ou cozinhar um delicioso prato se o casamento de ambos não for valorizado. Esse livro ensina vários pequenos macetes para não errar e traz indicações para pratos típicos do mundo todo. É meu favorito no tema.

 

  • Sem Segredos – Matt Skinner: Matt é o sommelier responsável pela educação em vinhos do Projeto Fifteen de Jamie Oliver. Tem terminologia simples e é um livro com excelente preço. Dele veio uma de minhas citações favoritas sobre o que é entender o vinho: Eu me lembro que uma vez o escritor australiano Max Allen disse algo como “Aborde o vinho da mesma maneira como se estivesse aprendendo a andar de bicicleta. Primeiro, você precisa de coragem – você tem que realmente querer fazer isso. Monte nela, e com direção e paciência, tudo virá junto.”

Eu compro meus livros pela internet, pesquiso em diversos sites e sempre encontro bons preços. Vale a pena dar uma fuçadinha de vez em quando.

Ah! Não esqueçam de acompanhar a leitura com uma tacinha, hein?

 

Ps. Post originalmente publicado no Arquitetando Estilos