Já pensou em fazer seu próprio vinho? Em viver uma experiência incrível de winemaker?

Em diversas regiões produtoras é possível trabalhar durante o período de vindima ou estagiar em laboratórios de enologia, desde que você esteja envolvido no mercado e tenha conhecimento técnico para tanto. Mas hoje conto sobre, uma possibilidade diferente, destinada a leigos e curiosos pelo mundo do vinho: O programa de winemaker!

E sabia que existe essa possibilidade aqui no Brasil? Sim a Miolo, lá de Bento Gonçalves – RS, oferece o programa há 10 anos e a querida Thais Somensi contou pra gente os detalhes dele.

 

O programa tem duração de 1 ano e meio, mas como o vinho precisa envelhecer em barricas geralmente se estende para mais 1 ano. É um vínculo forte e muito maior que este tempo do curso, pois os participantes tornam-se parte da família Miolo.

 

Todos os enólogos e equipe do grupo Miolo se envolvem em todos os detalhes., incluindo o enólogo chefe da casa e proprietário da vinícola Adriano Miolo.

E tem muita mão na massa! As aulas são divididas em 4 encontros presenciais que acontecem no período de um ano e meio, de sexta a domingo, com exceção de um dos encontros, que acontece de quinta a domingo no período de safra. Durante os encontros os participantes ficam hospedados no belíssimo Hotel e SPA do Vinho Caudaliè, participando de degustações especiais, almoços e jantares temáticos e harmonizados.

O participante deverá participar de toda a programação. O vinho/corte quem define é a turma, com muita troca de conhecimento e aprendizado guiados pelos enólogos da Miolo, claro!

 

Para participar do projeto o investimento é de  R$ 17.400,00, valor que pode ser parcelado em 12 vezes no boleto ou com 5% de desconto à vista.

O valor inclui – além de todo aprendizado – transfer do aeroporto de Porto Alegre, hospedagem no Hotel Spa do Vinho, Almoços e jantares harmonizados, degustações e passeios quando necessário.

Cada participante receberá 60 
garrafas do vinho elaborado, mas se desejarem tem a opção de comprá-las em maior número.

Os vinhos saem todos rotulados e a criação da arte e rotulagem é da própria empresa e já está incluída no valor.

 

Eu amei a ideia! E tem uma nova turma começando em breve!!! Bora??

Até a próxima taça, Keli Bergamo

 

*As fotos do interior do post foram cedidas pela Miolo.

*A foto em destaque é do Julio Oliveira.