Peverella, uva desconhecida, é uma das maiores heranças da imigração italiana para o vinho brasileiro.


Esquecida e praticamente extinta em Trentino (de onde vieram as mudas com a imigração) contou com o empenho do Sr Silvério que a partir de uma matriz fez cerca de 600 enxertos (com o apoio do Embrapa que fez todo o controle de pragas). Seu trabalho é referência na recuperação da casta e recebeu a honrosa citação de Jancis Robinson ao tratar do assunto em sua obra “Wine Grapes”.

A propósito, exames de DNA comprovaram que a Peverella é a Verdicchio, originária do Vêneto e rainha em Marche.
Vale a visita e um bate papo com Sr Silvério na Salvati & Sirena.

Além de contar essa historia com requinte de detalhes ainda é uma figuraça.

Ps. Outra boa alternativa para provar a casta é o laranja Era dos Ventos de Luís Henrique Zanini.

Até a próxima taça, Keli Bergamo