Lacryma Christi del Vesuvio nasce nas encostas do Monte Vesúvio, região da Campania, Sul da Itália.

Traduzindo literalmente para “As Lágrimas de Cristo no Vesúvio”, a versão mais popular da derivação do nome envolve as lágrimas de Jesus caindo aos pés do Vesúvio, provocando finalmente o milagroso crescimento das videiras da região.

É, segundo pesquisas arqueológicas, o equivalente mais próximo ao vinho bebido pelos romanos antigos, pela análise realizada em resíduos microscópicos deixados nas torneiras dos barris.

Uma lenda diz que o solo tufoso onde são cultivadas as vinhas foi roubado do paraíso por Satanás e que terá sido santificado através das lágrimas de Cristo.

Os Lacryma Christi tintos são elaborados com uvas Piedirosso e Sciascinoso. O Feudi San Gregório tem fruta potente e uma acidez delicada. Taninos bem macios.

Os Lacrymas são produzidos a partir de Verdeca e Coda di Volpe, com porcentagens menores de Falanghina e Greco di Tufo e são de grande intensidade mineral e acidez, envelhecendo relativamente bem.

Os vinhos da Feudi Di San Gregorio são importados pela Domno mas não encontrei o Lacryma, que comprei em viagem.

Até a próxima taça, Keli Bergamo