Entrando na primavera já começo a pensar nos vinhos que mais combinam com descontração, dias mais longos e podem ser degustados a toda hora.
Tem diversas uvas que adoro, mas elas nem sempre são tão simples de combinar e dependem de harmonizações mais criteriosas. Já a sauvignon blanc, que além de tudo é uma das brancas mais fáceis de encontrar nas prateleiras por aí, é uma belezinha para os dias quentes e de preguiça de cozinhar.
Comecemos do começo… A Sauvignon Blanc é originária da França, onde é muito cultivada em Bordeaux e no Loire (procure por Sancérre e Poully-Fumé) e tem um grande diferencial: ao contrário de outras brancas (como a chardonnay) que possuem aspectos predominantes frutados, a SB traz elementos herbais e vegetais mega refrescantes. Isso deixa seus vinhos deliciosamente leves, com sensações “esverdeadas” e com gostinho de fim de tarde quente.
Dependendo da região – se um pouco mais quente – esses aromas que lembram gramíneas, ervas, aspargo e tomate verde podem passar a frutas mais tropicais como maracujá, kiwi…
Além disso, é uma uva que sempre deixa seus vinhos com alta acidez, o que aumenta a sensação de frescor em boca. Perfeita para comida asiática, saladas, comidas vegetarianas, peixes, queijinhos leves…
Já consegui deixar você com vontade de prová-la?
Pois saiba que estamos fazendo muita coisa boa por aqui. Eu já postei há algum tempo o MonteVino Sauvignon Blanc da @estrelasdobrasil que está simplesmente incrível.
Não posso ainda deixar de mencionar que um SB da Serra Catarinense foi protagonista da matéria de vinhos sul americanos na @decanter . Palmas para a @vinicolathera !
Quer algo diferente? Prove um Sauvignon Blanc da Borgonha. Nesta região francesa a uva predominante é a Chardonnay, mas uma AOC específica produz um varietal incrivelmente elegante. Saint Bris! (Indico o Clotilde Davenne, importado pela @delacroixvinhos ).
Ah! A SB geralmente não estagia em carvalho, mas se encontrar algum vinho por aí com a definição de Fumê Blanc, significa quase sempre que ela fermentou ou estagiou em barrica e ai será um pouco mais comedida em acidez e um pouco mais corpuda. Tem post sobre isso aqui). 🍷
Até a próxima taça, Keli Bergamo