Champagne só pode ser elaborado com 3 uvas: Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier. Certo? ERRADO!

O Comité Interprofessionnel du Vin de Champagne permite, além das três variedades clássicas o cultivo e utilização das castas Arbane, Petit Meslier, Pinot Blanc e Pinot Gris, mas são poucas as casas que a utilizam.

Pelo que pesquisei, há apenas 3 produtos que levam as variedades: Authentis, elaborado com 100% Petit Meslier da casa Duval-Leroy, Dappier Quattuour, elaborado com Abane, Chardonnay, Petir Meslier e Pinot Blanc da Maison Drappier e o Moutard Cuvée des 6 Cépages, um corte de Arbane, Petit Meslier, Pinot Blanc, Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier, que foi a que tive oportunidade de provar.

A Moutard Père & Fils é uma vinícola familiar, com muita tradição e pequena produção. Além desse exemplar único, também produz chamapagnes exclusivamente com vinhas velhas, além da linha mais comercial.

Já havia provado o Extra Brut e achei interessantíssimo (e com ótimo custo benefício), mas agora com o 6 cepas 2007 a surpresa foi ainda maior.

 

 

Amarelo ouro, perlage linda e intensa, nariz de nozes, macadâmia, tostado. Na boca é corpudo, persistente, com características de um champagne maduro mas um leve fundo cítrico que demonstra sua jovialidade.

Inesquecível!

Agora a grande surpresa: Além da possibilidade de adquirir e conhecer essa cuidadosa produção diretamente em Champagne, os rótulos dessa respeitada e exclusiva maison podem ser comprados na rede Angeloni, com sede em Santa Catarina e que vem mostrando enorme respeito e cuidado na escolha de seus vinhos. Para quem não tem o Angeloni em sua cidade é possível a compra on line por cerca de R$290,00.