Estive na Decanter em busca de um vinho diferente para acompanhar uma moqueca capixaba e junto com meu amigo e sommelier da casa William Maximo optei por esse vinho que ainda não conhecia.

Além dele, também degustamos outros rótulos, mas dentre alemães, alsacianos e espanhóis, esse foi o grande destaque.

Primeiro porque ao estudar a tal uva Olaszrizling (só tente dizer esse nome depois da terceira taça), descobri que ela é a Riesling Itálica, base de nossos queridos espumantes nacionais.

Nunca havia provado da mesma em vinhos tranquilos e fiquei encantada. Sua acidez latente, aliada a sutis aromas florais casou perfeitamente com o prato.

Custa R$106,00 na Decanter.