Para mim a combinação perfeita com feijoada é a caipirinha, mas hoje testamos dois rótulos com o prato e conto para vocês como foi a experiência:

Testamos com dois vinhos:

– Estrelas do Brasil Nature Negro,  espumante nacional elaborado com uva Merlot pelo método de alta acidez é bom corpo. O resultado foi bem harmonioso, mantendo suas características frente aos ingredientes do prato.

– Dinastia H Stagnari Tannat safra 2009, Uruguai: A tannat é uma das uvas mais adequadas (tecnicamente) ao prato, seja por sua rusticidade seja por sua capacidade harmonizatória com gorduras. Esse rótulo, em especial, estava deliciosamente macio, mas sumiu um pouco quando harmonizado, ficando “chato” ou insosso.

Achei que nem a feijoada nem os vinhos foram valorizados.

Alguém mais já testou essa harmonização?