Na foto temos a clássica harmonização de Colheita Tardia com doce no mesmo nível de dulçor e com queijo azul. Similaridade e contraste.

Qual funciona melhor? Depende. Depende da pessoa, depende da qualidade dos pares…

O melhor da harmonização é que não se trata de uma ciência exata. Duplas inusitadas são bem vindas, as reações diversas às combinações dependem de quem as degusta…

Mas para tirar o melhor dessas experiências é necessário entender os princípios, as reações entre comidas e vinhos. O assunto é vasto e delicioso e por isso tem uma aula só sobre isso no meu curso básico. Se quiser conhecer mais me mande um e-mail: contato@kelibergamo.com.br

Qual dessas combinações eu prefiro? Nunca sei dizer. 🤍

Sobre o vinho: Esporão Colheita Tardia 2017, elaborado com Semillon e muito elegante. Lembra geleia de tangerina, damasco… uma boa descoberta, mas ainda não disponível no Brasil.

 

Até a próxima taça, Keli Bergamo