Intrépido, Syrah, 2014, Goiás, Brasil.

por Keli Bergamo

A curiosidade era grande e ontem fiz questão de experimentá-lo na companhia de pessoas que realmente gostam de provar o novo. Para que nada pudesse influenciar, foi degustado às cegas.

Novinho, tivemos que decantar.

Com a abertura vieram os toques especiados (não muito intensos) e a fruta bem madura. África do Sul, Califórnia e Austrália foram as apostas. Surpreendeu a todos.

Um vinho jovem, sem grande tipicidade da syrah, algumas arestas da maturação ineficiente ou engaces mas MUITO interessante.

Fruto do sonho e da persistência de seu winemaker e como o próprio nome já diz, um vinho corajoso, inesperado. Grata surpresa.

Provem e tirem suas conclusões. O Brasil tem muito a ser explorado.

 

 

2 comentários

Avatar
Luca Spinelli 11 de abril de 2017 - 15:42

Questo si che è un contenuto di valore! 🙂

kelibergamo
kelibergamo 19 de abril de 2017 - 16:04

Grazie!

Os comentários estão fechados.

Posts relacionados